segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Mustang ou 5 Graças

Sonay (İlayda Akdoğan), Selma (Tuğba Sunguroğlu), Ece (Elit İşcan), Nur (Doğa Zeynep Doğuşlu) e Lale (Güneş Nezihe Şensoy), são jovens turcas órfãs de pai e mãe, vivendo com a avó e monitoradas por um tio que se pauta na mais reacionária posição moral que a sociedade do interior da Turquia exibe.
O filme “Mustang” começa com as meninas e alguns colegas saindo da ultima aula do período letivo e passeando pela praia onde acabem no banho com jogo de empurra montadas nos ombros dos rapazes. Isto é o bastante para as fofocas locais verem investidas de sexo e o bastante para começar uma porfia do tio, acobertado pela avó, para que elas casem logo, tendo a mais velha passar por um vexatório exame do hímen quando, ao casar, não suja a roupa de sangue(ela teria o chamado “hímen complacente” e pode não ser danificado numa primeira relação sexual) .
O terror do sexo caminha para um suicídio e uma verdadeira guerra das meninas que restam do grupo com os adultos, justamente na hora em que uma delas deve receber os parentes de um futuro marido.
O filme ganhou o titulo de “Mustang” que é o nome dado a um cavalo. No Brasil deve se chamar “Cinco Graças”. Falado em turco, rodado na Turquia, mesmo assim está no páreo do Ocar de filme estrangeiro como francês. Um belo trabalho da diretora Denis Gamde Erguven, ela em seu primeiro longa depois de atuar em 4 filmes e dirigir dois curtas, Com interpretes convincentes causa repulsa aos métodos de vida de uma sociedade que lembra o que muitos ocidentais viveram em distantes eras, muitas vezes orientada pela religião.
Soube que “Mustang” vai ser exibido no Cine Libero Luxardo no inicio do próximo mês. Boa nova sem duvida.


2 comentários:

  1. interessante Dr. Pedro essa noticia é excelennte.

    ResponderExcluir
  2. interessante Dr. Pedro essa noticia é excelennte.

    ResponderExcluir